PLATAFORMA AGRÍCOLA INTEGRADA DE CALEQUISSE

Cacheu | Guiné Bissau

ESTUDO PRÉVIO E CONSULTORIA TÉCNICA

No âmbito da criação da Plataforma Agrícola Integrada de Calequisse, foi elaborado um levantamento das condições existentes da povoação e proposto um estudo prévio que pretende dar resposta às necessidades a curto, médio e longo prazo.


A povoação de Calequisse localiza-se na região de Cacheu, desenvolvendo-se ao longo de um cruzamento de dois arruamentos, com orientação norte-sul, entre os locais Canchungo - Porto do Rio Calaque (afluente do Rio Pecau) e com orientação este-oeste, entre os locais Praia de Cachalame - povoações vizinhas de Beni, Chanto e Manal.


A altitude varia entre os 18 m e 25 m numa extensão de cerca de 3 km.


A povoação dista 2 km a Nordeste do Porto do Rio Calaque, 11 km a Este da Praia de Cachalame e 90 km a Noroeste da Capital do País, Bissau, e do aeroporto mais próximo designado por Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira.


O setor de Calequisse não possui uma rede viária consolidada. O solo encontra-se compactado em algumas zonas pelo convívio social ou pelo trajeto diário dos seus habitantes. O território continua pouco modificado, no qual se destacam as construções, a estrutura arbórea e as marcas no solo.
Em geral, a população dedica-se à atividade agrícola, conferindo uma composição à paisagem, com os campos de cultivo e o gado a pastar livremente pela povoação.


O levantamento consistiu na apreciação das condições de habitabilidade dos edifícios públicos, verificando em alguns casos, que os mesmos não estão aptos a serem habitados. O levantamento seccionado nas seguintes categorias: Administração, Educação, Saúde e Habitação. Também foi elaborado um levantamento das Infraestruturas de Apoio nomeadamente rede viária, rede elétrica/ fotovoltaica, rede de abastecimento de água, rede de drenagem de águas residuais, rede de drenagem de águas pluviais e rede de telecomunicações.


A proposta prevê a demolição de edifícios que não reúnam as condições de habitabilidade, a ampliação de edifícios existentes, a construção de novos edifícios integrados nas categorias atrás apresentadas e também em novas categorias como Religião, Cultura, Desporto, Comércio e Serviços.


Relativamente às Infraestruturas de Apoio, a proposta é dividida em duas atuações: a primeira que se cinge à estrutura das vias de circulação de veículos e peões, e a segunda refere-se a uma intervenção no espaço público.


Relativamente à primeira atuação, a solução passa por propor dois cenários de perfil de rua de forma a se ajustar à estrutura arbórea existente. A intenção será de integrar as árvores nos novos passeios, mantendo estes elementos urbanos fundamentais para existência de ensombramento.


A segunda atuação refere-se à criação de um módulo de espaço urbano, que pode implantar-se de forma individual ou em multiplicação, com a intenção de conferir qualidade urbanística e potenciar o convívio social na proximidade de alguns dos edifícios públicos.