CASA 70 COVELAS

Trofa | Portugal

ESTUDO PRÉVIO, PROJETO DE LICENCIAMENTO E GESTÃO DA OBRA

Uma envolvente rural caracterizada por construções desagregadas do solo urbanizado residencial, localiza-se uma moradia unifamiliar erigida nos anos 70.


Composta por um piso e construída para albergar uma família, possui três quartos, sala comum e cozinha. De pequena dimensão, encontra-se implantada na proximidade da estrada principal da freguesia de Covelas. Possui fachadas revestidas a reboco e pintura e cobertura com telha cerâmica, à semelhança de outras moradias construídas no mesmo espaço temporal.


O objetivo é remodelar, diminuindo a tipologia da habitação de T3 para T2 e ampliando a área de conforto. A acessibilidade é fundamental na relação entre espaço interior e espaço exterior. Para isso, o terreno é modelado para permitir a integração e relação direta entre os espaços verdes e os compartimentos da moradia.


O edifício principal e o anexo são unificados tornando-se num só elemento que reúne todos os compartimentos de utilização diária: zona social, zona íntima e área técnica.


A zona social é composta por um espaço amplo que reúne a área de estar, a área de refeições e a área de confeção dos alimentos. A área de estar está conectada visualmente com o arruamento público. A área de confeção dos alimentos conecta visualmente com o logradouro posterior.


A zona íntima é composta por dois quartos. O quarto principal possui um painel envidraçado voltado para o terraço adjacente e, no prolongamento, o coberto vegetal. Este modelo de paisagem natural, entre a Rua Central de Covelas e a moradia, transforma-se num quadro que decora o espaço interior e proporciona ao seu utente a sensação de quietude e tranquilidade.


Na área técnica encontra-se a garagem com capacidade para dois carros e os equipamentos destinados a proporcionar apoio aos moradores.


O projeto teve como condicionantes a localização do terreno em Estrutura Ecológica Municipal em Solo Rural, em Solo Rural - Espaço Agrícola e na proximidade a uma linha de água.


A ampliação não se estende para tardoz, de forma a garantir a área permeável legalmente exigível. Permite que a moradia possua uma paisagem bucólica que se prolonga para a envolvente, também protegida e composta por espaços agrícolas e florestais.